About Me

Prefeitura de Araripina inaugura busto de bronze em homenagem ao emancipador Francisco da Rosa Muniz


Por Assessoria

 

D

ando início às comemorações dos 94 anos de emancipação política do município, a Prefeitura de Araripina inaugurou, neste feriado de sete de setembro, o Paço Municipal Francisco da Rosa Muniz com um busto em bronze de um dos emancipadores e primeiro prefeito da cidade entre os anos de 1932 a 1934.


A solenidade iniciou com o hasteamento dos pavilhões com a presença das Lojas Maçônicas e da banda Maestro Álvaro Campos que entoou os hinos de Araripina, Pernambuco, Nacional e da Independência. Após os representantes da Maçonaria falarem a respeito do bicentenário da Independência do Brasil (1822 – 2022), o prefeito Raimundo Pimentel anunciou a inauguração do Paço Municipal.


Com a presença dos familiares de Francisco da Rosa Muniz (Chiquinho Cicero), foi inaugurada uma estátua de bronze em tamanho real esculpida por Jurandir Maciel e feita especialmente para homenagear um dos líderes do movimento emancipacionista de Araripina e primeiro prefeito nomeado entre os anos de 1932 a 1934.

Para Raimundo Pimentel, a inauguração do Paço Municipal tem um simbolismo histórico imensurável uma vez que homenageia um dos homens responsáveis pela emancipação de Araripina. “Sempre tive em meu coração o desejo de homenagear Chiquinho Cicero, pois ele representa o sentimento de progresso e desenvolvimento que também sonho para a Araripina de hoje e do futuro. Com este singelo reconhecimento do passado, vamos olhar para as próximas gerações com a certeza que estamos plantando hoje grandes sementes que vão brotar na vida de cada cidadão de Araripina”, comemorou Pimentel.

Diversos familiares do homenageado estiveram presentes ao ato e, em nome da família, sua neta Maria Ramos Muniz, agradeceu pela homenagem e destacou o pioneirismo de Chiquinho Cicero. “Ele foi um homem visionário e dedicado às causas sociais. Aqui em Araripina constituiu uma família que faz do ato de servir uma missão de vida”, destacou Maria Ramos.

A programação do aniversário de Araripina segue ao longo da semana e nesta quinta-feira, 08, acontece a inauguração da reforma e ampliação da Escola Maria Luzanira Ramos e o Festival de Bandas e Fanfarras de Araripina.

CONHEÇA A HISTÓRIA DE FRANCISCO DA ROSA MUNIZ

Conhecido como “Chico Cícero” e “Chiquinho Cícero”, nasceu na cidade de Salgueiro em 12 de fevereiro de 1894. Ele era filho do Coronel Pedro Cícero da Rosa Muniz e Margarida Freire Muniz. Ainda menino, Chico Cícero foi morar em Bodocó, onde começou a frequentar a escola de Manoel Queiroz de Barros. Na sua juventude vivia entre à cidade de Bodocó e Ouricuri, onde se casou com Belmira Granja (Moreninha) da aristocracia ouricuriense. O seu pai, em 1907 mudou-se para a então São Gonçalo, povoado que Chico Cícero visitava com frequência. Em 1917, ano em que entrou em vigor o primeiro Código Civil Brasileiro, Chico Cícero veio morar definitivamente no povoado São Gonçalo. Sua chegada, marcou o desenvolvimento da Vila. Reformou a capela, conseguiu a criação da Paróquia, trouxe o padre Luíz Gonzaga Kehrle como Vigário residente e, ao lado de Joaquim Modesto (Cel. Antônio Modesto), Joaquim Alexandre Arraes e outros, emancipou São Gonçalo, dando-lhe o nome de Araripina, tendo sido prefeito (1932-1934). 


Postar um comentário

0 Comentários