About Me

Um negacionista não pode se utilizar de meios que não lhe pertence para propagar ódio contra o que é decidido pela maioria


A

 Anvisa aprovou vacina da Pfizer para crianças de 5 a 11 anos, mas na contramão da decisão, o Ministério da Saúde e o seu Ministro Marcelo Queiroga, abriu consulta pública para a vacinação infantil que será avaliada por uma câmara técnica do MS. Como se a decisão da Anvisa já não fosse uma decisão técnica. 

Mas o que mais preocupa e trago para externar neste portal, são os formadores de opinião em veículos que são de concessões públicas, como rádios e TVs transformar a vacina para crianças em um monstro, quando deveriam apenas opinar como negacionistas em veículos pessoais como blogs, sites, enfim. 

O proselitismo não deve ser uma ameaça aos direitos de uma minoria em detrimento da maioria e vou usar o mesmo argumento quando um jovem relatou com empáfia que nunca tinha usado máscara na pandemia e nem havia contraído a Covid-19. Questionei-lhe que a vontade dele deve ser respeitada, mas a partir do momento que você coloca em risco a vida dos outros (isso não tem nada a ver com o direito de ir e vir como todos os negacionistas defendem) existe uma punição que está ancorada no código Penal Brasileiro, especificamente no Art. 268. 

Confesso que por decisão entre um novo Messias e um ex-metalúrgico de um partido que tanto fez mal ao país, decidi pela primeira opção, mas como muitos que aderiram a ideia de que ele mudaria os rumos da nação, ele perderá a eleição do próximo ano para ele mesmo. “Tô fora”. 

Voltando a pauta construída para desabonar os defensores das decisões atabalhoadas do Governo Federal e do seu Ministro da Saúde (que tem claras pretensões de disputar o governo do seu Estado – não sei com que argumentos) é preciso que entendamos que a empresa que trabalhamos e que serve a um público diverso, não pode ser palco para uma plateia selecionada e negacionista. Somos mais de 200 milhões de brasileiros que viu 618 mil compatriotas morrerem, entre as vítimas mais de 2 mil crianças de Covid-19 e você fica aí se servindo ao seu bel-prazer de um veículo de utilidade pública para praticamente zombar de uma tragédia nacional. 

Pensamos, agimos, decidimos, mas nunca fazemos nada sozinhos. 

Feliz Natal a todos. 

Que 2022 às pessoas sejam mais conscientes que a vida não pode ser apenas uma passagem aqui na Terra. 


Postar um comentário

0 Comentários