HISTÓRIA DE ARARIPINA: GALERIA DOS PREFEITOS DE ARARIPINA

Montagem: Everaldo Paixão

história política de Araripina, cidade que fica no extremo noroeste do Estado de Pernambuco e distante da capital, em linha reta, 623 km, ligada pelas BRs. 316 e 232, pertence à zona fisiográfica do Sertão do Araripe, se destaca pela grandeza dos fatos e pela riqueza de seus protagonistas que transformaram essa terra na eterna Princesa do Sertão do Araripe. Com a sede do Município situado no sopé da Chapada do Araripe, fica numa altitude de 622 metros e com uma área de 1.672 km², não é diferente de outras circunscrições. Próximo de completar 91 anos de emancipação política (no dia 11 de setembro de 2019), a vila São Gonçalo, atual Araripina que se transformou no grande polo gesseiro do Araripe, já teve 16 prefeitos eleitos democraticamente, 10 prefeitos nomeados, um prefeito interino e um Interventor Estadual (veja abaixo a relação de todos em ordem cronológica) Daí, talvez seja a grande diferença de outros municípios e talvez a similar coincidência com outros que passaram e passam pelos mesmo seculares problemas de muitas cidades brasileiras.

AS ELEIÇÕES DE 30 DE SETEMBRO DE 1928

A Lei nº 1.931/28 determinava que a administração dos municípios novos só se iniciaria em 1º  de janeiro de 1929, a partir de quando se considerariam definitivamente separados dos municípios de que foram desmembrados. Entretanto, as eleições para os cargos de prefeito, subprefeitos e conselheiros municipais foram marcadas para o dia 30 de setembro daquele ano e os eleitos deveriam tomar posse no dia 15 de novembro, a fim de poder o Conselho Municipal se reunir, discutir e aprovar o orçamento da receita e da despesa para o exercício de 1929. Estabelecia ainda que, enquanto os novos municípios não organizassem os seus alistamentos eleitorais, continuaria a organização vigente, com as mesmas mesas eleitorais. Mas, nas eleições municipais designadas, somente votariam os eleitores residentes em cada novo município.

A Secretaria de Justiça e Negócios Interiores, a que estava afeto o serviço eleitoral, baixou as instruções para a realização das eleições. Com os dados da Lei nº 1.931/28, da lei eleitoral vigente e da Portaria, no dia designado realizaram-se as eleições em todo o Estado.

Nessa época, havia em São Gonçalo unidade partidária. O sucessor político de Honorato Marinho, em Ouricuri, Rodrigo Castor, fizera uma aliança com o Cel. Anísio Coelho, das hostes do Partido Libertador. Chico Cícero, vereador em Ouricuri, passou a integrar o PL e com ele todos os políticos de São Gonçalo.

Houve dificuldade para encontrar os candidatos á Prefeitura e Conselho Municipal. O tempo era pouco e, para não se perder a autonomia conquistada com tanto sacrifício, houve o consenso em torno das candidaturas de Joaquim Modesto para prefeito, de Antônio Máximo Rodrigues, para subprefeito e, para o CM, Vitorino Martins de Alencar, representando a família Alencar do Sahuén, Cassimiro Gomes da Silva e Antônio Bom de Oliveira, pelo distrito de Morais, Francisco Correia Jaques, representando a família Coelho do Minador e João Teixeira Leite, por São Gonçalo. Todos foram eleitos no dia 30 de setembro de 1928. A posse ocorreu, como o previsto na lei, no dia 15 de novembro de 1928, sob a presidência do Dr. Ignácio Guimarães Juiz de Direito de Ouricuri.


Joaquim José Modesto
Primeiro Prefeito Eleito (1928/1932)


Francisco da Rosa Muniz (Chico Cícero)
Primeiro Prefeito Nomeado (1932/1934)


João Cavalcanti de Lima
Segundo Prefeito Nomeado (1934/1935)

Joaquim Alexandre Arraes (Major Quincó)
Terceiro Prefeito Nomeado (1935/1935)


José Deodato Santiago (Zé Bringel)
Quarto Prefeito Nomeado (1935/1937)


Joaquim Alexandre Arraes (Major Quincó)
Quinto Prefeito Nomeado (1937/1938)


Manoel Ramos de Barros (Seu Né)
Sexto Prefeito Nomeado (1938/1939)


Dr. José Araújo Lima
Sétimo Prefeito Nomeado (1939/1946)

Dr. Ademar Alves de Freitas
Oitavo Prefeito Nomeado (1946/1947)

Rubem Neri da Silva
Nono Prefeito Nomeado (1947/1947)


Luiz Gonzaga Duarte
Décimo Prefeito Nomeado (1947/1947)

Manoel Ramos de Barros
Segundo Prefeito Eleito (1947/1951)
Partido Social Democrático (PSD)

Luiz Gonzaga Duarte
Terceiro Prefeito Eleito (1951/1955)
Partido Social Democrático (PSD)

Joaquim Pereira Lima (Quinca Livino)
Quarto Prefeito Eleito (1955/1959)
Partido Social Democrático (PSD)


Manoel Ramos de Barros
Quinto Prefeito Eleito (1959/1963)
Partido Social Democrático (PSD)



Sebastião Batista de Lima (Sebasto)
Sexto Prefeito Eleito (1963/1969)
Partido Trabalhista Brasileiro (PTB)

Raimundo Batista de Lima (Dosa)
Sétimo Prefeito Eleito (1969/1973)
Aliança Renovadora Nacional (ARENA)

Sebastião Batista de Lima (Sebasto)
Oitavo Prefeito Eleito (1973/1977)
Aliança Renovadora Nacional (ARENA)


Pedro Alves Batista (Dr. Pedro)
Nono Prefeito Eleito (1977/1982)
Aliança Renovadora Nacional (ARENA)


Valmir Ramos Lacerda (Dr. Valmir)
Décimo Prefeito Eleito (1982/1989)
Partido Social Democrático (PSD)

Valdemir Batista de Souza (Dr. Mimi)
Décimo Primeiro Prefeito Eleito (1989/1992)
Partido da Frente Liberal (PFL)

Maria Dionéia de Andrade Lacerda (Dra. Dionéia)
Décimo Segundo Prefeito Eleito (1993/1996)
Partido da Frente Liberal (PFL)

Emanuel Santiago Alencar (Emanuel Bringel)
Décimo Terceiro Prefeito Eleito (1997/2000) / Décimo Quarto Prefeito Eleito (2001/2004)
Partido da Social Democracia Brasileiro (PSDB)

Valdeir Batista de Souza (Valdeir Batista)
Décimo Quinto Prefeito Eleito
(2005/2008)
Partido da Social Democracia Brasileiro (PSDB)

Luiz Wilson Ulisses Sampaio (Lula Sampaio)
Décimo Sexto prefeito Eleito 
(2009/2011)
Partido Trabalhista Brasileiro (PTB)

Alexandre José Alencar Arraes (Alexandre Arraes)
Prefeito Interino (de 13 de dezembro de 2011 a 18 de junho de 2012)
Partido Social Brasileiro (PSB)

Intervenção Estadual (Coronel Adalberto Freitas Ferreira) – (14 de setembro a 31 de dezembro de 2012)

Alexandre José Alencar Arraes (Alexandre Arraes)
Décimo Sétimo Prefeito Eleito (2013/2016)
Partido Social Brasileiro (PSB)

José Raimundo Pimentel do Espírito Santos (Raimundo Pimentel)
Décimo Oitavo Prefeito Eleito (2017/2020)
Partido Social Liberal (PSL)


José Raimundo Pimentel do Espírito Santos (Raimundo Pimentel)
Décimo Nono Prefeito Eleito (2017/ 2020)
Partido Social Liberal (PSL)

Agora José Raimundo Pimentel do Espírito Santos (Raimundo Pimentel) que foi eleito e assume o primeiro mandato de 2017 a 2020, sendo o Décimo Nono prefeito reeleito para o quadriênio 2021 a 2024, se torna o segundo para assumir mandatos consecutivos e se torna também o mais votado da História Política do Município.

Veja outros temas relacionados



Postar um comentário

0 Comentários